Páginas

Translate

Ideia no rascunho


Arquivo pessoal
A vergonha rendeu-me oito quilômetros e seiscentas calorias a menos. Mas serviu para perceber que apertar a tecla errada pode revelar o esboço de uma ideia que talvez nunca seja escrita. 

Pior que passar a noite em meio ao pesadelo da certitude do erro da véspera, de ter reescrito a biografia de Edith Piaf no passé composé e não no passé simple , é ter ido conferir os e-mails na manhã clara de domingo. 

Estavam lá os nomes de Manoel, Lis, Chica, Ana Paula e Beatriz, simpáticos leitores que não criticavam os erros , como se fosse um texto na sua plena perfeição. A vocês, pela simpatia, meu respeito. Se bem me conheço, não teria ficado quieta. O que me faz concluir que vocês estão certos. Mais uma que aprendo nessa minha inquietude. 

Enquanto corria, consegui pensar um pouco sobre esse ambiente de academia. O político que todos conhecem traz a Veja, que vai lendo, nos intervalos dos aparelhos. Concluo que não faz direito nem a leitura nem a série de exercícios. Está ali para se fazer presente, cumprimentar, daqui a pouco aparece de fato. 

Há mulheres de 50 e 60 anos de pele tão lisa e mais músculos que as meninas de 20. Desfilam orgulhosas com os corpos sem celulite. Será o que andam lendo? Lembro de uma amiga de 50 anos, com os riscos da idade lindamente esculpidos no rosto:

- Quero ficar cada vez mais linda, mas por dentro! 

Disse-me essa frase um dia desses, olhando-me com seus olhos verdes, à espera de resposta. Não respondi nada e só agora começo a pensar ... 

A beleza não está no corpo, nunca esteve. Por que as pessoas se importam tanto com o corpo e esquecem a essência, o amor? A imperfeição é tão humana, tão bela... E o amor não considera as imperfeições porque nasce do toque, do olhar, do coração que não se vê, do qual só se sente o ritmo da vida.

A pessoa que corre ao meu lado, um moço fora de forma, começou a olhar-me de soslaio. Não me iludo porque não se trata de paquera. Deve ser mais um daqueles que não querem perder nunca para uma mulher em hipótese alguma. 

Ele, mesmo arfando como cavalo suado puxando carroça na subida de um morro sem fim, não vai desistir tão fácil. E as olhadelas que ele acha disfarçar são para checar o quanto você já correu. Finja que não o viu te vendo. E continue a correr. Deixe-o ainda mais desesperado e sem fôlego.

Então me dou conta de que posso dar um conselho às mulheres que querem aproveitar esta segunda-feira para começar a entrar em forma:

-  Procure uma esteira que não esteja ao lado de um homem, esteja ele em forma ou não. Homens assim, atléticos ou gordinhos, costumam suar demais, e ninguém vai querer receber os seus  respingos. 

Pronto, meu treino chegou ao fim. Tenho agora de pensar em como salvar aquela ideia do rascunho...


Bom início de semana e com as teclas certas!





11 comentários:

  1. Que vídeo mais fofo!!!

    Ontem eu ri com as meninas:

    Oração do Anabolizante

    “Pai bombado que malha no céu,

    santificado seja o nosso Winstrol.

    Venha a nós com nossa Deca,

    Seja feita a nossa série,

    de 3×8 ou 4×10

    O Whey nosso de cada dia nos dai força.

    Perdoai por nossos days off,

    assim como nós perdoamos aos frangos que nos tem ofendido.

    E não os deixes cair em catabolização,

    mas livrai-nos do Hemogenin. Amém !”


    Beijo

    ResponderExcluir
  2. rssss... Não precisava pedir desculpa.Ora! Mas tive que rir com a cena ... Ninguém mereeeeeeeeeeeeeeeeeeece, de verdade, respingos de suor, nem bisbilhoteiros das corridas dos outros,rs... Ufa!

    Ótimo conselho o teu. melhor encarar a minha esteira que me chama aqui em casa e eu mando que ela cale a boca,rs

    beijos,chica e linda semana!

    ResponderExcluir
  3. Eu juro que, ao ler o seu texto, achei que era um problema de configuração do meu Windows porque marido andou mexendo por aqui. E devia ter deixado o post porque tinha o seu charme!!! Já recebeu por e-mail aquele texto todo atrapalhado e que a gente consegue ler normalmente? Nossos olhos estão habituados com a leitura e já fazem sem perceber... E continua valendo o meu mantra "no dia que ficar com vontade de fazer ginástica eu deito e espero a vontade passar". A este, junto outro "prefiro envelhecer feito um maracujá de gaveta do que ficar sem expressão com tanto botox". E agora, bem baixinho, vamos fofocar: tem uma certa apresentadora de TV (programa matinal) que outro dia foi atropelada ao vivo. Heroicamente voltou a apresentar, mesmo com a boca machucada (onde teve que dar 5 pontos). E ficou tudo normal porque a boquinha é tão embabadada com botox que o inchaço não apareceu!!! Pode isto??? É normal???

    ResponderExcluir
  4. Acho que perdi qualquer coisa... rsrsrs

    Anyway, serviu o post pra me lembrar que preciso voltar a correr rsrsrs

    bjos

    ResponderExcluir
  5. Rovênia, genial a sua postagem. Tudo pela amizade e pelo amor e sem respingos de suor!
    bjos
    Manoel

    ResponderExcluir
  6. Eu como dizem os jovens por aqui, estou boiando, perdi algo.
    Qto a malhação, é que nem sal, nem mto, nem pouco. E Qto a ser em casa, caminhadas, pedaladas, ao lado ou longe dos(as) atletas de alta performance, nenhuma noção e frequentadores de academia para azaração, há que se escolher e e conviver.
    Viver é a arte de conviver.

    ResponderExcluir
  7. Ah! Nós já criamos certa intimidade nos micos... eu já fui para a escola com pregador grudado na roupa. Um post de rascunho publicado? Nada que não se entenda!
    Mas para comentar, quero deixar um outro post que li e me encantei. Beijo

    http://eucaliptosnajanela.blogspot.com.br/2013/04/eu-podia-ser-mais-magra.html

    ResponderExcluir
  8. Olá Rovênia,

    Muita reflexão e sorrisos encontro em suas postagens até com coisa séria rssss.

    Te desejo uma linda semana.
    Beijos
    Joelma

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  10. Oi Rovênia
    Juro que queria ler de novo o tal famoso rascunho... rs
    Sei que falavas em hobby's , mais nao digo rs até porque não lembro de tudo mesmo rs
    E pior que costumo ver algo que ninguém vê, mas dessa vez estava tudo muito bom!
    outro dia li um texto muito interessante mas a blogueira esqueceu de citar o autor ou pensou que podia ser dela rsrs e todos a elogiaram muito_ só que eu vi... rs
    beijinhos Rovênia _ és ótima, até no rascunho...

    ResponderExcluir

Faça o seu comentário!